quarta-feira, 3 de agosto de 2011

GRAFITE 3D IMPRESSIONA PELO REALISMO

Por Giuliana Latorre

Quando o assunto é grafite, algumas pessoas logo pensam em vandalismo. No entanto, essa técnica também é um tipo de arte. Embora pouco difundido, o grafite 3D vem ganhando espaço pelas ruas paulistanas, transformando a street art (ou arte urbana) em uma verdadeira obra de arte.

Em 2009, uma pintura prendeu a atenção dos curiosos que passavam por pela Praça Patriarca, no centro de São Paulo. Eduardo Kobra e sua equipe fizeram grafitaram um desenho de um carro em três dimensões em plena rua. Esse tipo de pintura é muito difundido nos EUA e na Europa.
Kobra, pioneiro no Brasil, é considerado um expoente da neo-vanguarda paulista e está entre os principais nomes desse tipo de arte no cenário paulistano. O artista começou em 1987 e foi aperfeiçoando seu trabalho até virar referência nacional. Suas obras, com traços ricos em sombra, evidência uma arte em três dimensões, com ilusão ótica, em que o espectador consegue entrar e interagir com a obra.

Segundo Kobra, sua técnica é complexa e exige muita determinação, porque pintar com os joelhos no chão o tempo todo não é nada fácil.

 


Referência: http://www.revistacatwalk.com.br/secoes/7-Reportagem/17-Doce-ilusao
http://blogimpacta.com.br/2011/07/05/entrevista-eduardo-kobra-a-arte-acessivel/

Nenhum comentário:

Postar um comentário